Sign In
Destaques; WHAT'S!UP; WHAT'S!UP Cabin Crew; WHAT'S!UP Flight Crew; WHAT'S!UP ME
Histórias de Colaboradores

​​

Quando pensamos em Inteligência Artificial, pensamos automaticamente em robôs e ficção científica. Hoje, no século XXI, há muito para dizer sobre este campo e muito trabalho a ser desenvolvido, nas mais diversas áreas.

António Castro trabalha como consultor para projetos de IT na TAP Portugal e está envolvido em vários projetos na Companhia, como o Portal DOV e o PRODATA. Paralelamente, é fundador da start-up MASDIMA e investigador no Laboratório de Inteligência Artificial e Ciência de Computadores (LIACC) da Universidade do Porto.

E é precisamente no âmbito da Inteligência Artificial que António Castro desenvolve o seu trabalho, académico e profissional, de grande relevância para as companhias aéreas e, claro, para a TAP, que tem, como todas as suas concorrentes, o seu foco na satisfação dos passageiros e na segurança do seu serviço.

“O transporte aéreo é um sistema sócio-tecnológico com vários componentes interdependentes, humanos e técnicos, que precisam de colaborar para melhor atingir os seus objetivos, sejam esses objetivos individuais e/ou coletivos. Os passageiros querem chegar ao destino da sua viagem, dentro do horário previsto, em segurança e com qualidade. As companhias aéreas querem prestar esse serviço com o máximo de eficiência possível e aumentando o grau de satisfação dos seus passageiros, e os aeroportos e centros de controlo de tráfego aéreo querem otimizar os seus recursos, mantendo o elevado nível de segurança exigido neste setor.”

Neste âmbito, a Inteligência Artificial assume um papel fundamental nos dias de hoje, em que vivemos uma verdadeira revolução tecnológica, e o trabalho de António centra-se, de acordo com o próprio, “em mecanismos de coordenação e colaboração, com um grande grau de automação mas sem esquecer a importância do fator humano.”

A tese de doutoramento terminada em 2013, intitulada “A Distributed Approach to Integrated and Dynamic Disruption Management in Airline Operations Control” – vencedora em 2015 do prémio de melhor tese na área de Inteligência Artificial, atribuído pela Associação Portuguesa para a Inteligência Artificial (APPIA) –, demonstra como é possível às companhias aéreas reduzir os custos causados por irregularidades operacionais, otimizando a forma de lidar com essas mesmas irregularidades de forma integrada e cada vez mais automática.

No resumo da tese – que pode ser lida integralmente aqui – António escreve que “os resultados demonstram que a nossa proposta não só corrobora os estudos existentes relativos à possível redução de custos que possam resultar de um melhor processo de gestão de ruturas, como, também, tem a possibilidade de reduzir custos e chegar a soluções que equilibram as três dimensões do problema: avião, tripulação e passageiros.”

Finalmente, sobre a sua investigação, considera que esta “permitirá, finalmente, encontrar a solução [para o problema da gestão das irregularidades], juntando as melhores práticas da engenharia de software aos métodos da Inteligência Artificial.”


Texto: Inês Teixeira

\\\ English Version \\\

This article has been automatically translated. For additional information, please contact us.


When we think of Artificial Intelligence, we automatically think about robots and science fiction. Today, in the 21st century, there is much more to say about this field and much work to be done in several areas.

António Castro works as a consultant for projects of IT at TAP Portugal and is involved in several projects within the company, as the Portal DOV AND THE PRODATA. In addition, he is the founder of start-up MASDIMA and researcher at the Laboratory of Artificial Intelligence and Computer Science (LIACC) of the University of Porto.

And it is precisely in the context of Artificial Intelligence that António Castro develops its work, academic and professional, of great importance for the airlines and, of course, to TAP, which has, as all your competitors, your focus on passenger satisfaction and safety of your service.

"Air transport is a socioeconomic system with several interdependent components, human and technical resources that need to collaborate to better achieve their goals, whether these individual objectives and/or collectives. The passengers want to get to the destination of your trip, within the expected time, safely and with quality. The airlines want to provide this service with the maximum possible efficiency and increasing the degree of satisfaction of its passengers, and airports and air traffic control centers want to optimize their resources, while maintaining the high level of security required in this sector."

In this context, the Artificial Intelligence takes on a crucial role today, we live in a real technological revolution, and the work of Antonio focuses, in accordance with the own, "in mechanisms for coordination and collaboration, with a great degree of automation but without forgetting the importance of the human factor."

The doctoral thesis completed in 2013, entitled "The Distributed Approach to Integrated and Dynamic Disruption Management in Airline Operations Control" - Winner in 2015 of the prize for the best thesis in the area of Artificial Intelligence, assigned by the Portuguese Association for Artificial Intelligence (APPIA) - demonstrates how it is possible for airlines to reduce costs caused by operational irregularities, optimizing the way of dealing with these same irregularities in an integrated and increasingly automatic way. In the summary of the thesis - which can be read in full here - Anthony writes that "the results demonstrate that our proposal not only corroborates the existing studies relating to the possible reduction of costs that may result from better management of breakdowns, but also has the potential to reduce costs and reach solutions which balance the three dimensions of the problem: aircraft, crew and passengers."

Finally, on their research, he believes that this "will finally find the solution [to the problem of the management of irregularities], combining the best practices of software engineering methods of Artificial Intelligence."

 

22 abril 2019

Clique para abrir

11 dezembro 2018

Clique para abrir

09 novembro 2018

Clique para abrir

04 outubro 2018

Clique para abrir

07 setembro 2018

Clique para abrir

07 agosto 2018

Clique para abrir

05 julho 2018

Clique para abrir

20 junho 2018

Clique para abrir

06 junho 2018

Clique para abrir

07 maio 2018

Clique para abrir

13 abril 2018

Clique para abrir

05 março 2018

Clique para abrir

20 fevereiro 2018

Clique para abrir

05 fevereiro 2018

Clique para abrir

22 janeiro 2018

Clique para abrir

08 janeiro 2018

Clique para abrir

22 dezembro 2017

Clique para abrir

07 dezembro 2017

Clique para abrir

24 novembro 2017

Clique para abrir

20 novembro 2017

Clique para abrir

10 novembro 2017

Clique para abrir

27 outubro 2017

Clique para abrir

13 outubro 2017

Clique para abrir

29 setembro 2017

Clique para abrir

15 setembro 2017

Clique para abrir

01 setembro 2017

Clique para abrir

31 julho 2017

Clique para abrir

21 julho 2017

Clique para abrir

17 julho 2017

Clique para abrir

07 julho 2017

Clique para abrir

28 junho 2017

Clique para abrir

23 junho 2017

Clique para abrir

12 junho 2017

Clique para abrir

02 junho 2017

Clique para abrir

26 maio 2017

Clique para abrir

12 maio 2017

Clique para abrir

08 maio 2017

Clique para abrir

28 abril 2017

Clique para abrir

13 abril 2017

Clique para abrir

31 março 2017

Clique para abrir

17 março 2017

Clique para abrir

03 março 2017

Clique para abrir

17 fevereiro 2017

Clique para abrir

02 fevereiro 2017

Clique para abrir

19 janeiro 2017

Clique para abrir

05 janeiro 2017

Clique para abrir

22 dezembro 2016

Clique para abrir

08 dezembro 2016

Clique para abrir

24 novembro 2016

Clique para abrir

27 outubro 2016

Clique para abrir

13 outubro 2016

Clique para abrir

04 outubro 2016

Clique para abrir

29 setembro 2016

Clique para abrir

15 setembro 2016

Clique para abrir