Sign In
  • home
  • destaques
  • Dos ecrãs para os aviões, Edmundo é o novo membro da família TAP
Destaques; WHAT'S!UP; WHAT'S!UP ME; WHAT'S!UP Cabin Crew; WHAT'S!UP Flight Crew
Dos ecrãs para os aviões, Edmundo é o novo membro da família TAP

Edmundo Condeça é o nome de guerra de um dos novos tripulantes de cabina da TAP. Edmundo Rosa é o nome pelo qual era já conhecido por muitos daqueles que o têm visto pelo reduto (e em breve, a bordo). Chamemos-lhe apenas Edmundo, aqui, para que não haja qualquer confusão.



Nasceu em Lisboa em 1979, onde viveu grande parte da sua juventude. Licenciou-se na Faculdade de Letras de Lisboa e trabalhou como ator. A sua carreira foi catapultada na série “Riscos” da RTP, em 1997, quando tinha apenas 17 anos. Trabalhou, depois, em vários projetos no teatro e na televisão e, em 2006, resolveu ir para Amesterdão fazer o mestrado. Por lá ficou nove anos até, em 2016, regressar a Portugal. Nos Países Baixos, a sua carreira de representação esteve adormecida. Embora tenha feito muitos trabalhos de locução, o seu emprego na área da tradução era a sua atividade principal.

Cedo percebeu que tinha de ter sempre alguma atividade paralela. Esta opção, diz Edmundo, vai para além do desejo de estabilidade económica. Acordar de manhã, ter objetivos, estar ocupado, sentir que é preciso em algum lado, é muito importante para o ator. Apercebeu-se, quando saiu de Portugal, que o facto de investir noutras coisas nos dá uma perspetiva completamente diferente da vida: “Quando somos só artistas, o mundo é muito cor-de-rosa, e quando começamos a trabalhar noutras áreas e a ganhar um maior conhecimento da sociedade – e de como funciona o mercado de trabalho – só pode ser bom. Ganhamos outra perspetiva do mundo, das pessoas e, de certa forma, isso pode também enriquecer-nos como atores. Porque à medida a que vamos vivendo outras coisas, podemos usar essas experiências no nosso trabalho.”

Em inícios de 2016, voltou: despediu-se, vendeu o apartamento e atirou-se de cabeça. “Assim que cheguei, apareceram logo dois projetos. Entretanto, tenho um projeto para teatro, no qual estou a trabalhar, mas num passo lento, porque não temos apoios.” Sobre a sua carreira artística, continua Edmundo, “é complicado, hoje em dia, fazer teatro e viver do teatro, é um verdadeiro luxo.” Por isso, procurou, como sempre, uma atividade paralela. Foi assim que chegou à TAP. 

A TAP até podia ter entrado na sua vida há mais tempo. Já tinha tentado, há muitos anos, tinha 24 anos. “Na altura candidatei-me à TAP e à Portugália e não fui chamado. Portanto, a aviação ficou posta de parte. Mas sempre me atraiu o facto de poder trabalhar com pessoas diretamente. Eu preciso de trabalhar com pessoas, preciso de estar com pessoas e de falar com pessoas. Este é o trabalho perfeito.” 


Turma ICT13, 14 de maio de 2018

Edmundo terminou a formação e fez o seu voo de exame no passado dia 21 de maio, no percurso Lisboa – Frankfurt. Está, diz, ansioso por começar a voar. Ao chegar à TAP, foi reconhecido logo na primeira entrevista – chegou a pensar que o facto de ter sido reconhecido poderia reduzir as suas hipóteses de ser admitido – e tem sido reconhecido várias vezes durante estes meses. “De vez em quando faziam-me perguntas – “Como é que vieste aqui parar?” – porque as pessoas ficam muito curiosas. Mas o foco era a TAP e não o facto de eu ser ator. E ainda bem.”

Sobre a TAP, Edmundo partilha o sentimento generalizado dos portugueses – o afeto pela transportadora aérea nacional. Trabalhar na aviação sempre foi uma vontade e chegou até a colocar a hipótese de uma candidatura a uma companhia holandesa, mas rapidamente a pôs de parte: “Nesse sentido sou muito português e sim, se tiver que dar a cara, que seja pela TAP.”
 

22 abril 2019

Clique para abrir

11 dezembro 2018

Clique para abrir

09 novembro 2018

Clique para abrir

04 outubro 2018

Clique para abrir

07 setembro 2018

Clique para abrir

07 agosto 2018

Clique para abrir

05 julho 2018

Clique para abrir

20 junho 2018

Clique para abrir

07 maio 2018

Clique para abrir

13 abril 2018

Clique para abrir

05 março 2018

Clique para abrir

20 fevereiro 2018

Clique para abrir

05 fevereiro 2018

Clique para abrir

22 janeiro 2018

Clique para abrir

08 janeiro 2018

Clique para abrir

22 dezembro 2017

Clique para abrir

07 dezembro 2017

Clique para abrir

24 novembro 2017

Clique para abrir

20 novembro 2017

Clique para abrir

10 novembro 2017

Clique para abrir

27 outubro 2017

Clique para abrir

13 outubro 2017

Clique para abrir

29 setembro 2017

Clique para abrir

15 setembro 2017

Clique para abrir

01 setembro 2017

Clique para abrir

31 julho 2017

Clique para abrir

21 julho 2017

Clique para abrir

17 julho 2017

Clique para abrir

07 julho 2017

Clique para abrir

28 junho 2017

Clique para abrir

23 junho 2017

Clique para abrir

12 junho 2017

Clique para abrir

02 junho 2017

Clique para abrir

26 maio 2017

Clique para abrir

12 maio 2017

Clique para abrir

08 maio 2017

Clique para abrir

28 abril 2017

Clique para abrir

13 abril 2017

Clique para abrir

31 março 2017

Clique para abrir

17 março 2017

Clique para abrir

03 março 2017

Clique para abrir

17 fevereiro 2017

Clique para abrir

02 fevereiro 2017

Clique para abrir

19 janeiro 2017

Clique para abrir

05 janeiro 2017

Clique para abrir

22 dezembro 2016

Clique para abrir

08 dezembro 2016

Clique para abrir

24 novembro 2016

Clique para abrir

10 novembro 2016

Clique para abrir

27 outubro 2016

Clique para abrir

13 outubro 2016

Clique para abrir

04 outubro 2016

Clique para abrir

29 setembro 2016

Clique para abrir

15 setembro 2016

Clique para abrir