Sign In
  • home
  • destaques
  • Manutenção de Componentes cada vez mais eficiente
Destaques; TAP NEWS ME
Manutenção de Componentes cada vez mais eficiente
A mudança organizacional está na ordem do dia. A formulação de uma estratégia sustentada na mudança, criação de valor e redução de custos tem um impacto positivo no seio das organizações. É esta a premissa orientadora que serve de base aos projetos de melhoria e requalificação levados a cabo nas oficinas da Manutenção de Componentes (MC).  

Em linhas muito gerais, o core business da MC assenta na coordenação e prestação de serviços de manutenção aos componentes dos aviões da frota TAP e clientes no calendário contratualizado e nas condições económicas mais vantajosas garantindo ainda um elevado padrão de qualidade e alinhamento com as melhores práticas do sector.

Os desafios impostos por uma competição cada vez mais feroz e acutilante aceleraram a necessidade da quebra de paradigmas e a adoção de novas abordagens e metodologias de trabalho. 

Nenhum cliente está disposto a pagar por atividades nas quais não reconhece valor; estas atividades podem, em última análise, significar o aumento do custo do serviço e do tempo despendido (TAT – turnaround time) na realização do mesmo. Por outras palavras, a competitividade de uma empresa depende da sequência de atividades e operações que agregam efetivamente valor para o cliente e eliminação de tudo o “resto” (desperdícios – fator limitativo da rentabilidade de um negócio).

Reconhecendo a importância da mudança e a necessidade de alavancar cenários que promovam a criação de valor e eliminação de desperdícios, a MC tem vindo a desenvolver vários projetos que visam aumentar os seus índices de eficiência e eficácia. Todas as ações desenvolvidas obedecem a uma lógica sequencial de integração por forma a maximizar os ganhos obtidos.

As primeiras ações de melhoria iniciaram-se em 2016 com o recurso à metodologia 5S, que proporciona o desenvolvimento de um ambiente de trabalho organizado, limpo, com fluxos claramente identificados, com materiais e informações prontamente disponíveis e procedimentos operacionais normalizados.

Atendendo a uma lógica de fluxo, e tendo a oficina de Hidráulicos e Pneumáticos (HP) como caso de estudo, optou-se por realizar a primeira ação 5S na receção e expedição da área. Todos os componentes entram e saem da oficina a partir deste espaço, pelo que são necessários processos ágeis e estruturados no sentido de se definirem cadências de recolha e distribuição dos equipamentos. A aposta na readequação total do espaço permitiu melhorar os tempos de resposta da área em benefício do cliente interno (produção) e sustentar os conceitos de gestão visual e noção de fluxo.
  • ANTES
  • DEPOIS

 
Para além deste projeto, realizaram-se mais 14 ações 5S na MC (de abril de 2006 a julho de 2018).

Em 2017, e na sequência do projeto acima destacado, avançou-se para a definição de rotas, rotinas e cadências de recolha e distribuição de componentes dentro da oficina (conceito mizusumashi) – distribuição ponto-a-ponto. A definição da cadência obedeceu a um racional de “necessidades-padrão” da oficina, reduzindo-se desta forma a componente variabilidade do processo, e teve em consideração os horários dos transportes existentes na Manutenção e Engenharia (ME) com o intuito de maximizar ganhos transversais.

 
Este projeto permitiu ainda reduzir a alocação de mão-de-obra produtiva ao processo de transporte interno de equipamentos (cerca de 3000 horas/ano); a utilização dos recursos produtivos é agora mais eficaz e existe uma disciplina clara relativamente ao fluxo de materiais na oficina.

A implementação do projeto mizusumashi acarretou ainda a realização das seguintes ações de melhoria:

- Padronização das zonas de receção e expedição de cada um dos grupos de trabalho da oficina por forma a otimizar o processo e reduzir a variabilidade. 
 

 - Utilização de tabuleiros dedicados a cada um dos grupos de trabalho através da adoção de um código de cores. Garante-se, desta forma, a agilização do processo de recolha e distribuição e promove-se o conceito de gestão visual e balanceamento de cargas de trabalho nos recursos partilhados existentes na oficina (Limpeza, NDTs e Decapagem). 


 

O resultado final em vídeo:
 


 
Em 2018 foi dado mais um passo no sentido maximizar o aproveitamento da mão-de-obra produtiva; as ações desenvolvidas estão, uma vez mais, encadeadas com os projetos anteriores. Utilizando o programa dos trens da NATO como prova de conceito, definiu-se que a constituição dos kits de material necessário aos trabalhos em curso passaria a ser uma incumbência da logística da MC, libertando desta forma recursos produtivos para tarefas de valor acrescentado. A entrega do kit na produção, via transporte interno (mizusumashi), é feita em tabuleiros com shadow boxes, agilizando desta forma o processo. Cada peça tem apenas uma localização que se encontra devidamente identificada mitigando desta forma potenciais falhas e retrabalhos na produção.

 
Cada tabuleiro está ainda equipado com mecanismos de gestão visual que permitem, a qualquer altura, aferir se o kit está ou não completo e pronto a ser utilizado.

 
A movimentação e respetiva entrega do material na produção é apenas realizada quando existe efetivamente uma necessidade; a ordem de trabalho que espoleta esta ação é denominada kanban (cartão em japonês) e serve para coordenar o fluxo de materiais e de informação obedecendo a uma lógica Just in Time (JIT).

 

 
O resultado final em vídeo:
 


 
O desenvolvimento destes novos hábitos e regras de trabalho teve o contributo e envolvimento de Colaboradores de diversas áreas da MC, o que facilitou a sustentação dos ganhos obtidos nestes projetos. 

Os desafios não se esgotam no que já foi alcançado; a melhoria é um processo contínuo pelo que vai continuar a fazer parte do nosso léxico, tendo como driver a orientação para o resultado.

Gostaria de deixar uma palavra de agradecimento a todas as áreas que têm contribuído, direta ou indiretamente, para a concretização destes projetos, a saber: Melhoria Contínua, Equipamentos e Instalações, Real Estate and Facilities Management e TDGI. ​

João Travassos dos Santos
Responsável da Logística e Planeamento – Manutenção de Componentes​
 

04 dezembro 2019

Clique para abrir

22 abril 2019

Clique para abrir

11 dezembro 2018

Clique para abrir

09 novembro 2018

Clique para abrir

04 outubro 2018

Clique para abrir

07 agosto 2018

Clique para abrir

05 julho 2018

Clique para abrir

20 junho 2018

Clique para abrir

06 junho 2018

Clique para abrir

07 maio 2018

Clique para abrir

13 abril 2018

Clique para abrir

05 março 2018

Clique para abrir

20 fevereiro 2018

Clique para abrir

05 fevereiro 2018

Clique para abrir

22 janeiro 2018

Clique para abrir

08 janeiro 2018

Clique para abrir

22 dezembro 2017

Clique para abrir

07 dezembro 2017

Clique para abrir

24 novembro 2017

Clique para abrir

20 novembro 2017

Clique para abrir

10 novembro 2017

Clique para abrir

27 outubro 2017

Clique para abrir

13 outubro 2017

Clique para abrir

29 setembro 2017

Clique para abrir

15 setembro 2017

Clique para abrir

01 setembro 2017

Clique para abrir

31 julho 2017

Clique para abrir

21 julho 2017

Clique para abrir

17 julho 2017

Clique para abrir

07 julho 2017

Clique para abrir

28 junho 2017

Clique para abrir

23 junho 2017

Clique para abrir

12 junho 2017

Clique para abrir

02 junho 2017

Clique para abrir

26 maio 2017

Clique para abrir

12 maio 2017

Clique para abrir

08 maio 2017

Clique para abrir

28 abril 2017

Clique para abrir

13 abril 2017

Clique para abrir

31 março 2017

Clique para abrir

17 março 2017

Clique para abrir

03 março 2017

Clique para abrir

17 fevereiro 2017

Clique para abrir

02 fevereiro 2017

Clique para abrir

19 janeiro 2017

Clique para abrir

05 janeiro 2017

Clique para abrir

22 dezembro 2016

Clique para abrir

08 dezembro 2016

Clique para abrir

24 novembro 2016

Clique para abrir

10 novembro 2016

Clique para abrir

27 outubro 2016

Clique para abrir

13 outubro 2016

Clique para abrir

04 outubro 2016

Clique para abrir

29 setembro 2016

Clique para abrir

15 setembro 2016

Clique para abrir